Ínicio

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Manual para uma vida craft

Você também gosta de trabalhinhos manuais? Tem muitas lembranças gostosas da infância quando aprendia técnicas como crochê, tricô, pintura, bordado e costura? Escolheu como hobby criar peças para decorar sua casa, acessórios e presentinhos especiais? Ou quer mostrar o seu talento para o mundo e transformá-lo em negócio criativo mas tá precisando de uma forcinha? Ah, então, eu tenho um livro muito legal para te apresentar!
 
Somando a experiência de quase 9 anos de trabalho à frente do queridinho blog SuperZíper, Andrea Onishi e Cláudia Fajkarz resolveram inovar e lançaram este ano o livro mais craft e fofo deste nosso universo criativo. E que faz a gente pirar!
 
 
De uma linguagem simples e apresentação com uma pegada retrô, Manual para uma vida craft anda fazendo muito sucesso e aguçando a nossa vontade de colocar cada vez mais a mão na massa e experimentar novas técnicas.
 
Da festinha infantil à camiseta customizada, passando por acessórios de cozinha, organizadores, embalagens, etc, o livro propõe o resgate de técnicas que aprendemos lá atrás com nossas mães e avós e a aplicação nos dias de hoje com um olhar mais contemporâneo. 
 
As blogueiras, inclusive, abordam neste livro um tema muito discutido nos últimos anos: a transformação do trabalho que antigamente era visto como obrigação da "mulher prendada" e donas-de-casa para a realização pessoal das mulheres modernas que fazem por que gostam e sentem prazer em criar peças com as próprias mãos, seja apenas como hobby ou até mesmo profissão! Vivaaa!
 
 
Nas 197 páginas do livro, que tem um tamanho perfeito para carregar na bolsa, você encontrará um projeto gráfico lindo, com texturas e estampas que parecem tecidos, fotos inspiradoras, técnicas bem explicadas, lista de materiais e dicas, além de sugestões de lojas, gente para inspirar, glossário de termos craft, moldes, filmes, sites e livros... ou seja, conteúdo de qualidade mesmo!
 
O livro publicado pela Editora Panda Books, está disponível para venda online em sites como Amazon, Saraiva e Americanas. Compra fácil, fácil!
 
Bora adquirir o seu exemplar?
Depois comenta aqui o que achou!

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Mistura de estampas

No meio de tantas estampas lindas, é difícil escolher somente uma para colocar vida na garrafa a ser trabalhada. Vai muito do dia, do tempo, do meu momento e até da sensação que uma ou outra estampa provoca. Hoje tenho preferência pela estampa floral, amanhã a de motivos étnicos me encanta. E assim segue o meu trabalho, em um fluxo de cores, desenhos e escolhas.
 
Daí que no processo de criação das já conhecidas garrafas decoradas com linha e tecido, surgiu a ideia do patchwork como uma alternativa para sair desta saia justa e poder também decorar garrafas com um design diferente já que alguns formatos não permitem a aplicação da técnica da linha.
 
Bingo! O patchwork contemporâneo aplicado em superfícies de vidro faz sucesso desde o início, virou uma pequena oficina na edição do Mercadinho Artesanal de Junho do ano passado e continua sendo muito aplicado por aqui. 


A escolha das estampas para fazer a composição é feita durante o processo de criação da peça. Se os tons de verde estão predominando, jogo uma estampa com vermelho. Se o floral está muito presente, escolho a estampa gráfica para dividir o mesmo espaço. Isso possibilita nossos olhos enxergarem uma grande e única estampa ao final do processo. Essa é a graça desta arte!
 

Uma verdadeira explosão de cores!
Mistura única e linda que combina com qualquer estilo de decoração.

 
Vasos, objetos decorativos, utilitários. Peças que com um toque de cor ficam ainda mais lindas e garantem um charme adicional àquele cantinho especial da casa.  
 
Gostou das criações?
Se quiser encomendar a sua peça, é só me escrever no rosapimentacrafteria@gmail.com.
E se tem vontade de aprender a técnica, deixe registrado aqui nos comentários seu interesse. Quem sabe não rola uma oficina criativa bem gostosinha! :)
 

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Auto-retrato

O jeito de se vestir, decorar a casa, a rotina, as escolhas... tudo isso fala muito de uma pessoa, não? É uma ferramenta disponível para entendermos quem somos, do que gostamos, como vivemos a vida, nossos sonhos e prazeres.
 
Ao longo da nossa caminhada observamos, mudamos, repensamos. Ninguém é igual a vida toda e seria chato demais se fosse. Tudo afeta o nosso olhar, nossas emoções, sentimentos e escolhas. Influências externas vão colaborando na criação deste desenho, assim como nossas vivências. Nada é para sempre e uma escolha feita agora pode passar por mudanças no futuro (e está tudo bem!).  
 
Entender isso foi uma das coisas mais deliciosas que já me aconteceu na vida. Liberdade de escolha. Liberdade de expressão. Aceitar-me do jeito que sou, com minhas inquietudes, fraquezas, medos, qualidades e imperfeições. Me olho todos os dias no espelho e vejo que hoje eu tenho a minha melhor versão e que pode ser uma outra, diferente, amanhã. Minha casa diz tanto sobre mim e o estilo de vida que escolhi viver com a minha família. Analiso minhas decisões e percebo que agir com o coração está entre minhas prioridades, quase sempre.
 
Parei um instante, dias atrás, para olhar à minha volta como quem procura revelações nos detalhes. E decidi juntar alguns objetos com o simples propósito de fazer um auto-retrato.


Espalhei todos eles sobre a mesa e o resultado foi lindo!
 
Gosto de flor, de amor, de dar colo. Gosto das cores, dos detalhes e do afeto. A criatividade, minha e de outros talentos, me impulsiona, inspira, dá um sentido especial à vida. Gosto de cuidar da família, das amizades. Memórias afetivas tocam a minha alma e deixam meu coração mais leve. Suculentas dividem espaço com materiais craft e fazem uma combinação linda. Decoração livre, à escolha de quem ali habita. Gosto de ler, de mimar, de degustar um bolo quentinho recém saído do forno. Amo minhas criações, o meu fazer artesanal, e do título que me dei de "entregadora de cores". Gosto do meu entusiasmo e de entusiasmar pessoas. Me empolgo quando falo de terapia, astrologia, homeopatia e todas as "ias" que aparecem no meu caminho. Tenho uma vontade louca de aprender e acho, de verdade, que nada do que aprendemos é em vão. Amo viajar. Amo os sorrisinhos bobos que objetos que tenho dos lugares que conheci me proporcionam. Gosto de ser caseira e também das minhas andanças, da rua, das descobertas. Não seguro a emoção quando penso nos filhos e em como o tempo tá passando rápido. Gosto de reinventar, criar, repaginar e todas as possiblidades que as mãos e a cabeça podem encontrar. Gosto de delicadezas, gentilezas e acredito sim em um mundo melhor.
 
Quer me conhecer mais um tiquinho?
Então, vou te pedir um favor: olhe com atenção a foto abaixo. Olhe com o coração porque ela diz muito sobre mim... na minha melhor versão, hoje!
 

E você, já parou pra pensar sobre seus assuntos prediletos, o que ama fazer, o que tem à sua volta, suas escolhas e o que tudo isso diz sobre você?
 
Um ótimo exercício de autoconhecimento que pode te ajudar em muitos momentos da sua vida, nas suas escolhas e, principalmente, a viver toda a sua plenitude, sendo exatamente quem você é!
 

quinta-feira, 4 de agosto de 2016

Caixas organizadoras: do chocolate para maquiagem!

Organização e reaproveitamento são assuntos que adoro e, sempre que possível, coloco em prática por aqui. E quando posso combinar as duas coisas com um projeto craft bem gostosinho e colorido, fico feliz da vida... mesmo!
 
Semanas atrás, já um tanto cansada de procurar bandejas de acrílico nas medidas necessárias para organizar itens de maquiagem na gaveta do criado-mudo, decidi reaproveitar três caixas de bombons que juntas, tinham medidas perfeitas para o espaço. Sorte a minha, não?!?
 
E para dar aquele toque criativo ao novo organizador, escolhi tecidos, claro!
 
O passo-a-passo é simples, mas verdade seja dita: leva-se um tempinho considerável para finalizar o processo de revestimento das caixas e sugiro fazer em etapas, para não ficar cansativo. Ainda assim, vale muito à pena!
 
 
Reaproveite retalhos de tecidos para obter uma peça de patchwork contemporâneo ou faça uma combinação com algumas estampas apenas. Use cola branca para artesanato, inclusive, para passar na emenda dos tecidos. Isso garante um acabamento perfeito!
 
Terminada a etapa da forração externa (e antes de dar início ao trabalho na parte interna) deixe as caixas descansarem por algumas horas. Use prendedores para unir as caixas, assim, o papelão, que fica maleável em contato com a cola por conta da umidade, volta ao seu estado normal, sem ondulações e bem firme.
 
 
 
Gostou da sugestão de hoje para deixar sua casa organizada de um jeito bem econômico?
Você pode usar papel estampado no lugar dos tecidos e acomodar outros itens como material escolar, talheres, carregadores, acessórios, etc. Dê uma espiadinha à sua volta, abra as gavetas, olhe com cuidado... Sempre há o que organizar!
 
Ah! E depois compartilha sua experiência aqui nos comentários, tá? Vou adorar saber!
 

sábado, 30 de julho de 2016

Mais 20 dias de Desafio Criativo

Lembra que comentei neste post aqui sobre o desafio criativo?
A tarefa bem gostosinha realizada durante 30 dias consecutivos foi concluída no início de Julho e compartilhei diariamente, nas redes sociais, as fotos tiradas aqui em casa da combinação de objetos, tecidos e palavras... uma saladinha mista recheada de emoções e afeto! E foi mágico... muito mágico!
 
Aí que agora pensei: mesmo atrasada (como disse, finalizei o desafio no início do mês) preciso compartilhar por aqui também! Sim! Porque se você não me segue no face/instagram, ou se perdeu as postagens diárias por lá, merece também conhecer as fotos dos outros 20 dias de desafio... todas juntas, lindas e misturadas!
 
Vem comigo para esta chuva de cores?!?!
 


Uma oportunidade incrível de manusear, tocar, pensar, sentir, me emocionar e eternizar momentos especiais e pessoas por quem tenho tanta admiração e carinho, sejam elas criadoras de objetos que tocam meu coração ou pessoas com quem compartilhei lindas vivências na minha caminhada.



 
Me sinto muito feliz pelo desafio ter me proporcionado sorrisos diários! E mais feliz ainda por estar rodeada de objetos e cores que dizem tanto sobre mim, sobre meus valores e sonhos, sobre o que de fato importa na minha vida.
 
Gratidão por mais esta experiência, única e linda!
 

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Quadrinho feito à mão!

Anda chovendo ideias criativas na minha horta e as mãos tem dificuldade de acompanhar o ritmo acelerado em que vive meus pensamentos. A casa, por sua vez, já quase não comporta mais os itens e materiais que vou acumulando sempre com a intenção de criar uma peça nova ou transformar algo que seria descartado. É um laboratório de ideias que precisa de mais tempo e espaço, é verdade!
 
Enquanto isso não acontece, vou criando, colocando a mão na massa, fazendo bonito dentro do possível e do tempo disponível, porque a vontade é tão grande de deixar a criatividade fluir que vou dando o meu jeitinho aqui e acolá, me virando nos 30, para algumas ideias ganharem corpo!  
 
E se o processo criativo de tirar do papel uma ideia que surgiu lá atrás se transformar em um mimo para uma amiga querida que ganhou de presente da vida uma nova "primavera", tá valendo muito mais, não? É o afeto em forma de cores e flores! 
 
Pois é isso que quero compartilhar hoje com vocês!
Um quadrinho fofo, inspirador, que criei com tecidos, washi tape, base de papelão e uma frase bem linda para fechar com chave de ouro!
 
Vamos lá??
 
A base de papelão cru reciclado usada nesta arte era, na verdade, a embalagem de um jogo de lápis de cor ecológico comprado durante uma viagem. 

 
Utilizei washi tape estreita, coincidentemente na largura da lateral interna da caixa, para fazer o acabamento e dar um toque delicado à peça.
 
 
Na etapa seguinte, foi criado o fundo do quadro com um tecido estampado lindo (que parece muito estampa oriental) do Ateliê Sereníssima, comprado na Mega Artesanal.
 
 
Recortes de tecidos foram dando forma à um novo arranjo com flores, folhas e um sol na cor marinho (pelo menos foi o que imaginei para esta cena!). Para finalizar, uma frase recortada de revista e que de uma maneira bem simples (e maravilhosa!) fala sobre propósito.
 
 
Por ser uma peça bem leve, a fixação na parede com fita dupla face especial (que pode ser encontrada em grandes papelarias e lojas de material de construção) é bastante eficaz!
 
Quadrinho pronto... crafter feliz!
 
E você, gostou da ideia?
Bora criar peças decorativas lindas para a sua casa ou para presentear àquela pessoa querida?
Use e abuse da sua imaginação! Reaproveite materiais, transforme, cole, desenhe, pinte, borde! Porque no fazer manual tudo é permitido!

quarta-feira, 13 de julho de 2016

O que é que a Praia do Forte tem

Pausas são sempre muito bem-vindas nesta vida maluca e corrida que levamos. É o momento perfeito para relaxar, recarregar as baterias, deixar o relógio e preocupações de lado, usufruir da companhia da família, rir, brincar, fazer da vida uma festa, ainda que seja por alguns dias apenas.  

Mês de julho, férias escolares... E uma semaninha de sombra e água fresca na Praia do Forte, Bahia, lugar incrivelmente lindo, abençoado, de uma energia contagiante!

Esta foi nossa terceira viagem para este paraíso. E desta vez, uma nova experiência: alugamos uma casa no Condomínio Aldeia dos Pescadores, compartilhada com uma família de amigos... amamos! Aconchegante e de localização privilegiada, entre a vila e a praia (fazíamos tudo à pé).


O que faz meu coração bater forte por este lugar?  
 
- a vila é segura, limpa, bem cuidada e mantém uma estrutura convidativa;
- projeto Tamar que sempre vale a visita (até para quem já conhece!);
- a variedade de restaurantes e cafés que agrada a todos os gostos (e bolsos!);
- tem a melhor tapioca preparada na Casa da Farinha localizada no centro da vila (e é comunitária - cada semana é uma família/grupo que comanda o enorme tacho de ferro);
- as cores, decoração e objetos do folclore nordestino que deixam a vila ainda mais linda; 
- a calmaria e tranquilidade dos baianos que sabem receber como ninguém;
- a beleza das praias, com suas piscinas naturais, em um tom de verde deslumbrante;


 
Por que ir em Julho? 
O calor é mais ameno; a vila não fica tão cheia de turistas e é possível usufruir de tudo com tranquilidade; os custos são bem menores comparados ao verão. 




E se você se animou com este post e já colocou a Praia do Forte na sua listinha de lugares para visitar, anote algumas dicas para aproveitar este paraíso brasileiro:
 
Hospedagem: em uma casa alugada (são diversos condomínios), em pousadas ou no Via dos Corais Hotel, onde nos hospedamos das outras vezes e indicamos de olhos fechados; 
Comidinhas na vila: lanches rápidos e tortas doces deliciosas no Tango Café; tapioca na Casa da Farinha, moqueca na Casa da Nati, spaghetti com molho de camarão do restaurante Vila Gourmet (que pertence à charmosa Pousada Sobrado da Vila), pizza maravilhosa da 7 pizzas natural bar;  
Comidinhas na praia do Lord: empada (a melhor!) vendida pelo Cleber, sorvete de tapioca no palito da marca Capelinha, queijinho coalho na brasa, água de coco fresquinha, cocadas caseiras (a de abacaxi é divina) e para quem aprecia a culinária típica baiana, acarajé no capricho;
Piscinas naturais: praia do Lord (até as 11h - depois a maré começa a subir);
Passeios: projeto Tamar e, se está com crianças, andar de bicitaxi, único transporte autorizado por toda a vila (carros tem acesso restrito). Risadas garantidas!

 
Já de malas prontas para embarcar? Roupas leves, chinelos, chapéu, óculos e protetor solar são indispensáveis... mas o importante mesmo é chegar de coração aberto para aproveitar tudo de bom que a Praia do Forte tem para oferecer!

Ah! E se quer ver o post anterior, clique aqui e... boa viagem!  
 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...